Análise de casos notificados de tuberculose em crianças e adolescentes

Ruth Silva Lima da Costa, Jhaynne Silva Lima, Railda da Silva Cabral, Elizeu Martins Nery Júnior

Resumo


OBJETIVO: Analisar os casos notificados de tuberculose em crianças e adolescentes no estado do Acre no ano de 2017. MÉTODO: Estudo transversal, exploratório, de abordagem quantitativa, com coleta de informações em banco de dados secundários. A população do estudo foi composta de casos de tuberculose entre crianças e adolescentes do estado do Acre- Brasil, registrados no ano de 2017 no Departamento de Informática do SUS - DATASUS. RESULTADOS: Foram notificados 59 casos de tuberculose entre crianças e adolescentes no Acre no ano de 2017, destes 38 (65%) ocorreram no município de Rio Branco. Houve a predominância de notificação de casos no sexo masculino 36 (61%) sendo que a faixa etária mais acometida foi de 15 a 19 anos 41(70%), a forma clínica mais prevalente foi a Tuberculose Pulmonar (50) 85%. Quanto à situação de encerramento dos casos no sistema de informação (38) 64% foram encerrados por cura. CONCLUSÃO: O diagnóstico da tuberculose em crianças e adolescentes é uma realidade no estado do Acre e torna-se de extrema importância a adoção de práticas profissionais que contemplem o diagnóstico e tratamento precoce voltados para essa faixa etária visando a prevenção e controle da doença.

Palavras-chave


Adolescente. Notificação. Tuberculose.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3378rec.v8i2.2188

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 Jhaynne Silva Lima, Railda da Silva Cabral, Elizeu Martins Nery Júnior, Ruth Silva Lima da Costa

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta revista foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

DOAJ          ROAD          FUNADESP                    

 

Revista Enfermagem Contemporânea | ISSN: 2317-3378

Site atualizado em 03/01/2020

Licença Creative Commons