RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR: UMA ABORDAGEM ATUALIZADA

Autores

  • Marilaine M. de Menezes Ferreira Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Brisa Santos Silva Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Patricia Moura Bahiana Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Renata Luzia Lima Costa Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Rosemeire Oliveira Moreira Menezes Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v2i1.188

Palavras-chave:

Ressuscitação cardiopulmonar, Parada cardíaca, Educação em saúde

Resumo

Dados estatísticos mostram que a Parada Cardiorrespiratória é a principal causa de morte nos Estados Unidos, Europa e Canadá, e a sua chance de sobrevivência, após o evento, varia de 2% a 49%, dependendo do ritmo cardíaco original e do início precoce de reanimação. O objetivo do artigo é descrever a ressuscitação cardiopulmonar de acordo com as diretrizes da American Heart Association; identificando suas possíveis causas, os sinais clínicos, a atuação do leigo na situação de emergência e o uso do desfibrilador automático. Esta pesquisa bibliográfica abordou estudos publicados nos últimos sete anos, por intermédio de buscas sistemáticas utilizando banco de dados eletrônicos (LILACS e SciELO). Alguns Resultados apontam para a necessidade de um conhecimento mínimo para uma abordagem rápida e a possível reversão da Parada Cardíaca com melhores chances de sobrevida. Para isso há o Suporte Básico de vida, tido como a primeira abordagem à vítima, abrangendo etapas que podem ser iniciadas fora do ambiente hospitalar e que visam aumentar a sobrevida por morte súbita. Para que esse socorro seja realizado de forma efetiva, há a necessidade de capacitação da população leiga, para que esteja familiarizada com as técnicas e as prioridades no atendimento. Além disso, há a necessidade de atentar para a ética verificando qual o amparo da lei para a decisão de não reanimar. Recomenda-se uma difusão de informações sobre como agir nesta situação, já que a educação em saúde é uma ferramenta indispensável neste processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marilaine M. de Menezes Ferreira, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Enfermeira, Mestre; docente nos componentes curriculares de Primeiros Socorros e Paciente Critico do curso de Enfermagem da Escola Bahiana de Medicina e Saude Publica. Docente orientadora da Liga Academica de Primeiros Socorros. COREN-Ba 32591.

Brisa Santos Silva, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Estudante de Enfermagem

Patricia Moura Bahiana, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Estudante de Enfermagem

Renata Luzia Lima Costa, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Estudante de Enfermagem

Rosemeire Oliveira Moreira Menezes, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Estudante de Enfermagem

Downloads

Publicado

2013-08-15

Como Citar

Ferreira, M. M. de M., Silva, B. S., Bahiana, P. M., Costa, R. L. L., & Menezes, R. O. M. (2013). RESSUSCITAÇÃO CARDIOPULMONAR: UMA ABORDAGEM ATUALIZADA. Revista Enfermagem Contemporânea, 2(1). https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v2i1.188

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)