Conhecimento de profissionais de enfermagem sobre a avaliação do volume residual gástrico

Autores

  • Cristiano Ferreira da Silva Hospital Regional de São Francisco do Guapore. SESAU/RONDÔNIA.
  • Adamara Nascimento Bueno Graduado em enfermagem pela FACIMED-Cacoal/RO.
  • Laurindo Pereira de Souza Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal/FACIMED/Cacoal/RO. Hospital Regional de Cacoal/SESAU/RO. http://orcid.org/0000-0002-9890-2621
  • Marcia Guerino de Lima Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal/FACIMED/Cacoal/RO.

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v7i1.1315

Palavras-chave:

Volume residual, Dietoterapia, sociodemográfico, Enfermagem.

Resumo

Objetivo: Descrever o conhecimento de profissionais de enfermagem sobre a avaliação do volume residual gástrico. Métodos: Pesquisa descritiva com abordagem quantitativa de caráter transversal realizada mediante aplicação de questionário a 60 profissionais de enfermagem envolvidos na assistência direta ao paciente em dietoterapia. Os dados da pesquisa foram coletados no mês de abril de 2015. Resultados: 69,2% dos enfermeiros e 72,3% dos técnicos de enfermagem consideraram possuir pouco conhecimento sobre o volume residual gástrico. A principal dificuldade encontrada pela equipe de enfermagem para a verificação do volume residual foi a sobrecarga de trabalho, seguida pela falta de orientação ou treinamento. Considerações finais: Os profissionais demonstram conhecimento da importância da verificação do volume residual gástrico, mas a prática do procedimento na assistência aos pacientes em uso de dietoterapia é dificultada pela pouca informação existente sobre os parâmetros.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiano Ferreira da Silva, Hospital Regional de São Francisco do Guapore. SESAU/RONDÔNIA.

Graduado em enfermagem pela FACIMED-Cacoal/RO, Pós graduação em andamento enfermagem em terapia intensiva adulto e pediátrico. Enfermeiro SESAU/RO.

Adamara Nascimento Bueno, Graduado em enfermagem pela FACIMED-Cacoal/RO.

Graduado em enfermagem pela FACIMED-Cacoal/RO.

Laurindo Pereira de Souza, Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal/FACIMED/Cacoal/RO. Hospital Regional de Cacoal/SESAU/RO.

Mestre em Ciências da Saúde , Professor do departaumento de enfermagem FACIMED.CACOAL/Rondônia. Especialista em terapia intensiva adulto pela associação brasileira de enfermagem intensiva, coordenador da terapia intensiva adulto hospital regional de Cacoal /Rondônia.

Marcia Guerino de Lima, Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal/FACIMED/Cacoal/RO.

Especialista em Obstetrícia e Obstetrícia Social- FADAP/FAP/SP. Docente do Departamento de Enfermagem da Faculdade de Ciências Biomédicas (FACIMED), Cacoal, Rondônia, Brasil. Enfermeira Assistencial do Hospital de Urgência e Emergência de Cacoal (HEURO) - Cacoal (RO), Brasil.

Downloads

Publicado

2018-10-22

Como Citar

da Silva, C. F., Bueno, A. N., Souza, L. P. de, & de Lima, M. G. (2018). Conhecimento de profissionais de enfermagem sobre a avaliação do volume residual gástrico. Revista Enfermagem Contemporânea, 7(1), 40–47. https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v7i1.1315

Edição

Seção

Artigos Originais