VULNERABILIDADES NO ENVOLVIMENTO FEMININO COM DROGAS: UM ESTUDO COM MULHERES EM SITUAÇÃO DE PRISÃO

Autores

  • Geisa Copello Thomaz
  • Jeane Freitas de Oliveira Universidade Federal da Bahia
  • Tânia Christiane Ferreira Bispo Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v5i2.1042

Palavras-chave:

Mulheres, Drogas, Tráfico de Drogas, Vulnerabilidade

Resumo

Introdução: O envolvimento feminino com as drogas se dá de diferentes maneiras. A maioria das mulheres ainda ocupam posição coadjuvante neste tipo de crime, mas seja qual for a forma de participação, constitui um elemento de vulnerabilidade para essas mulheres. Objetivo: O presente artigo teve como objetivo descrever elementos de vulnerabilidade no envolvimento feminino com drogas.  Metodologia: Tratou-se de uma pesquisa qualitativa, desenvolvida com onze mulheres de uma penitenciária feminina de Salvador, BA, que cumpriam sentença por infrações relacionadas ao fenômeno das drogas. Para coleta de dados utilizou-se as técnicas de desenho estória-tema e a entrevista semiestruturada, cujo conteúdo foi analisado pela análise de conteúdo temática, norteada pelos princípios da Teoria das Representações Sociais. Resultados: Para as entrevistadas a influência de companheiro e amigos, traumas/revoltas da vida, dificuldades financeiras e a busca de visibilidade e poder foram apontados como elementos de vulnerabilidade para seu envolvimento com as drogas. Conclusão: Os resultados apresentados pelas mulheres em situação de prisãorefletem a condição da mulher num contexto de desigualdades e na busca de visibilidade, cujo consumo de drogas e a participação no narcotráfico se apresentam como estratégias de enfrentamento. Essas estratégias, contudo, ocasionam, dentre outros aspectos, situações de sofrimento para as próprias mulheres e seus familiares. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geisa Copello Thomaz

Psicóloga. Especialista em Atenção Integral ao consumo e aos consumidores de substâncias psicoativas. Especialista em Psicologia Jurídica e em Psicoterapia Clínica. Psicóloga do Conjunto Penal Feminino de Salvador/BA.

Jeane Freitas de Oliveira, Universidade Federal da Bahia

Enfermeira, Doutora em Saúde Pública pela UFBA, Mestre em Enfermagem pela UFBA, Especialista em Enfermagem Comunitária pela UFBA. Professora da UFBA. Salvador, Bahia, Brasil.

Tânia Christiane Ferreira Bispo, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Enfermeira, Doutora e Pós-doutora, em Saúde Coletiva pelo Instituto de Saúde Coletiva da UFBA- ISC/UFBA, Mestre em Enfermagem na Atenção à saúde da Mulher, Especialista em Enfermagem Obstétrica. Professora Adjunta da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Salvador, Bahia, Brasil. Coordenadora do NUPEIS :Núcleo de Pesquisa Interfaces em Saúde da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública.

Downloads

Publicado

2016-11-01

Como Citar

Thomaz, G. C., Oliveira, J. F. de, & Bispo, T. C. F. (2016). VULNERABILIDADES NO ENVOLVIMENTO FEMININO COM DROGAS: UM ESTUDO COM MULHERES EM SITUAÇÃO DE PRISÃO. Revista Enfermagem Contemporânea, 5(2). https://doi.org/10.17267/2317-3378rec.v5i2.1042

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)