A ESCUTA CLÍNICA: UM INSTRUMENTO DE INTERVENÇÃO DO PSICÓLOGO EM DIFERENTES CONTEXTOS

Autores

  • Ana Aparecida N. M. Braga Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Mônica Ramos Daltro Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Carlos Alberto Ferreira Danon Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v1i1.44

Palavras-chave:

Psicodiagnóstico, Escuta, Psicólogo

Resumo

O presente artigo discute o impacto da experiência de atendimento clínico na formação do psicólogo a partir da disciplina Diagnóstico e Intervenções, que consta de atendimentos clínicos de psicodiagnóstico, realizados no Serviço Escola de uma instituição provada de ensino superior. O estudo põe em evidência a escuta psicológica clínica como instrumento fundamental ao fazer do psicólogo. Seu objetivo é descrever a relação que os estudantes, egressos da disciplina e também já do curso, fazem entre a prática desenvolvida e a formação de psicólogo. Trata-se de um estudo descritivo qualitativo realizado com 10 ex-alunos da instituição formados entre 2008 e 2010. Foi aplicado, ao longo de 2011, um questionário semiestruturado submetido a uma análise de conteúdo posterior.  Conclui-se que a escuta clínica trabalhada em um processo de psicodiagnóstico é de fundamental importância para a formação do psicólogo, em qualquer campo de atuação, não necessariamente no consultório, pois através dela compreende-se o sujeito e sua questão. Faz-se necessário, portanto, ao psicólogo, ocupar um lugar específico que lhe permita escutar a subjetividade implicada nas diferentes experiências do sujeito, como possibilidade de fazer a diferença nas diversas áreas de trabalho.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-12-02

Como Citar

Braga, A. A. N. M., Ramos Daltro, M., & Ferreira Danon, C. A. (2012). A ESCUTA CLÍNICA: UM INSTRUMENTO DE INTERVENÇÃO DO PSICÓLOGO EM DIFERENTES CONTEXTOS. Revista Psicologia, Diversidade E Saúde, 1(1). https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v1i1.44

Edição

Seção

Artigos Originais