RELAÇÕES RACIAIS NO ENSINO DE PSICOLOGIA: UMA EXPERIÊNCIA DE SENSIBILIZAÇÃO

Autores

  • Marilda Castelar Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Carolina Conceição de Oliveira Santos Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v1i1.43

Palavras-chave:

Psicologia social, Formação em psicologia, Relações raciais

Resumo

O texto relata as contribuições de disciplinas específicas com temas vinculados às relações raciais na formação em Psicologia, para uma atuação profissional que contemple a diversidade racial e o sofrimento psíquico, frutos do racismo em nossa sociedade. O intuito foi sensibilizar estudantes de psicologia para a discussão sobre relações raciais e aproximações com o campo. Buscou-se propiciar uma análise crítica sobre preconceitos e estereótipos presentes na prática de profissionais da Psicologia. As atividades foram desenvolvidas em sala de aula e, em paralelo, ao longo de seis anos, em um Grupo de Estudos sobre Racismo. Os métodos utilizados foram leituras orientadas, resenhas, apresentação de seminários, cine-debates, palestras em sala de aula, visita a museus, exposições temporárias, participação em congressos e eventos diversos em Salvador-Ba. As discussões contemplaram questões relacionadas ao movimento negro, o processo de tomada de consciência negra, noções básicas sobre relações raciais e direitos humanos. Nesse sentido, serviu de espaço para relatos de situações vivenciadas pelos participantes. Houve interface privilegiada da Psicologia Social com a Antropologia e parcerias no desenvolvimento do Grupo de Estudos; incluíram referências bibliográficas da Psicologia e de outras ciências, a presença de convidados com formações diversas, visando aprofundar conceitos e identificar subsídios para eliminação de preconceitos e discriminações na prática profissional. Como resultados, houve a produção de Trabalhos de Conclusão de Curso, com assuntos relacionados à temática e três pesquisas de Iniciação Científica, de escolhas profissionais específicas e a participação efetiva de ex-alunos no Grupo de Trabalho Psicologia e Relações Raciais da Comissão de Direitos Humanos do CRP-03. Constata-se que estão em curso contribuições relevantes para a Psicologia bem como um maior envolvimento e compromisso de profissionais com o tema de importância local e nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marilda Castelar, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Doutora em Psicologia Social pela PUC-SP. Psicóloga. Professora adjunta do curso de Psicologiada Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Carolina Conceição de Oliveira Santos, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública

Aluna de Iniciação Científica (2009/2010) do curso de Psicologia da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e membro do GTPRR, vinculado à CDH do CRP-03.

Downloads

Publicado

2012-12-02

Como Citar

Castelar, M., & Conceição de Oliveira Santos, C. (2012). RELAÇÕES RACIAIS NO ENSINO DE PSICOLOGIA: UMA EXPERIÊNCIA DE SENSIBILIZAÇÃO. Revista Psicologia, Diversidade E Saúde, 1(1). https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v1i1.43

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>