Transtorno de personalidade borderline em homens: uma revisão integrativa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v10i3.3806

Palavras-chave:

Transtorno da Personalidade Borderline. Transtorno da personalidade Limítrofe. Masculino. Fatores desencadeantes. Cognição. Neurobiologia. Comportamento social.

Resumo

OBJETIVO: Apresentar e sistematizar as principais evidências científicas a respeito do transtorno de personalidade borderline em homens (TPB). MÉTODO: Durante o período de abril de 2021, realizou-se uma revisão integrativa da literatura científica acerca da temática em questão, sendo utilizados os descritores indexados no DeCS: Transtorno da Personalidade Borderline; Transtorno da Personalidade Limítrofe; Masculino; Fatores Desencadeantes; Cognição; Neurobiologia; Comportamento Social. Para realizar a pesquisa, os descritores foram combinados nas bases de dados Medline, Lilacs e EBCS nos sites de Busca Pubmed e na Biblioteca Virtual em Saúde – BVS. RESULTADOS: Foi possível identificar algumas alterações comportamentais, de humor e neuropsicológicas em homens com TPB. Dentre as alterações comportamentais, a mais prevalente foi a agressão (37,5% dos artigos). Do mesmo modo, a alteração de humor mais encontrada foi a desregulação emocional (12,5% dos artigos), muito comum em pacientes com TPB; igualmente, as alterações a nível neuropsicológico com maior quantidade de achados envolvem alterações na região da amígdala (20,83% dos artigos), córtex (16,66% dos artigos), bem como o hipocampo (16,66% dos artigos), regiões essenciais para o controle do humor e tomada de decisão. CONCLUSÃO: Foi possível concluir que existem algumas alterações comportamentais, de humor e neuropsicológicas que são mais prevalentes no gênero masculino, sobretudo aquelas que envolvem agressão, raiva e seus fatores neuropsicológicos associados. Dito isso, considera-se que a sistematização dessas informações contribui na identificação e controle dos casos de TPB em homens, assim como colabora para o desenvolvimento científico do campo da psicopatologia em relação aos processos que envolvem tal patologia

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Barbosa Nascimento, Universidade Salvador (UNIFACS), Universidade Católica de Brasília

Acadêmico do curso de Psicologia  da Escola de Ciências da Saúde e Bem-estar da Universidade Salvador - Laureate International Universities (UNIFACS), Feira de Santana – BA. Graduando em Filosofia pela Universidade Católica de Brasilia.  Membro Chefe do Núcleo de Estudos em Comportamento, Filosofia e Psicanálise (NECOFIP).

Gabriela de Lima Cerqueira, Universidade Salvador (UNIFACS)

Acadêmica do curso de Psicologia  da Escola de Ciências da Saúde e Bem-estar da Universidade Salvador - Laureate International Universities (UNIFACS), Feira de Santana – BA. Membro do Núcleo de Estudos em Comportamento, Filosofia e Psicanálise (NECOFIP).

Emanuel Santos de Araujo Filho, Universidade Salvador (UNIFACS)

Acadêmico do curso de Psicologia  da Escola de Ciências da Saúde e Bem-estar da Universidade Salvador - Laureate International Universities (UNIFACS), Feira de Santana – BA. Membro do Núcleo de Estudos em Comportamento, Filosofia e Psicanálise (NECOFIP).

Daniela Gomes Carneiro, Universidade Salvador (UNIFACS)

Acadêmica do curso de Psicologia  da Escola de Ciências da Saúde e Bem-estar da Universidade Salvador - Laureate International Universities (UNIFACS), Feira de Santana – BA. Membro do Núcleo de Estudos em Comportamento, Filosofia e Psicanálise (NECOFIP)

Referências

Amad, A., Ramoz, N., Peyre, H., Thomas, P., & Gorwood, P. (2019). FKBP5 gene variants and borderline personality disorder [Variantes do gene KBP5 e distúrbio de personalidade limítrofe]. Journal of affective disorders, 248, 26–28. https://doi.org/10.1016/j.jad.2019.01.025

American Psychiatric Association. (2014). Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-5 (5a ed.). Artmed.

Bayes, A., & Parker, G. (2017). Borderline personality disorder in men: A literature review and illustrative case vignettes [Transtorno de personalidade Borderline e nos homens: Uma revisão bibliográfica e vinhetas de casos ilustrativos]. Psychiatry research, 257, 197–202. https://doi.org/10.1016/j.psychres.2017.07.047

Chapman, J., Jamil, R. T., & Fleisher, C. (2021). Borderline Personality Disorder. In StatPearls. StatPearls Publishing. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK430883/

Chen, S. F., Lin, C. L., Wang, L. Y., Wang, J. H., Hsu, C. Y., & Shen, Y. C. (2019). Borderline personality disorder is associated with an increased risk of sexually transmitted infections: A nationwide population-based cohort study in Taiwan [O distúrbio de personalidade Borderline está associado a um risco aumentado de infecções sexualmente transmissíveis: Um estudo de coorte a nível nacional com base na população de Taiwan]. Sexually transmitted infections, 95(7), 529–533. https://doi.org/10.1136/sextrans-2018-053812

Dalgalarrondo, P. (2019). Psicopatologia e semiologia dos transtornos mentais (3ª ed). Artmed.

Ferreira, L. F. A., Pereira, F. H. Q., Benevides, A. N., & Melo, M. C. A. (2018). Borderline personality disorder and sexual abuse: A systematic review [Transtorno de personalidade Borderline e abuso sexual: Uma revisão sistemática]. Psychiatry research, 262, 70–77. https://doi.org/10.1016/j.psychres.2018.01.043

Ellison, W. D., Rosenstein, L. K., Morgan, T. A., & Zimmerman, M. (2018). Community and Clinical Epidemiology of Borderline Personality Disorder [Epidemiologia Comunitária e Clínica da Perturbação da Personalidade Borderline]. The Psychiatric clinics of North America, 41(4), 561–573. https://doi.org/10.1016/j.psc.2018.07.008

Falcus, C., & Johnson, D. (2018). The Violent Accounts of Men Diagnosed With Comorbid Antisocial and Borderline Personality Disorders [Os Relatos Violentos de Homens Diagnosticados com Transtornos de Personalidade Antissociais e Borderline Combinados]. International journal of offender therapy and comparative criminology, 62(9), 2817–2830. https://doi.org/10.1177/0306624X17735254

Foxhall, M., Hamilton-Giachritsis, C., & Button, K. (2019). The link between rejection sensitivity and borderline personality disorder: A systematic review and meta-analysis [A ligação entre a sensibilidade de rejeição e o distúrbio de personalidade borderline: Uma revisão sistemática e uma meta-análise]. The British journal of clinical psychology, 58(3), 289–326. https://doi.org/10.1111/bjc.12216

Frías, Á., Palma, C., Farriols, N., & González, L. (2016). Sexuality-related issues in borderline personality disorder: A comprehensive review [Questões relacionadas com a sexualidade em distúrbios de personalidade borderline: Uma revisão abrangente]. Personality and mental health, 10(3), 216–231. https://doi.org/10.1002/pmh.1330

Godbout, N., Daspe, M. È., Runtz, M., Cyr, G., & Briere, J. (2019). Childhood maltreatment, attachment, and borderline personality-related symptoms: Gender-specific structural equation models [Maus-tratos infantis, apego, e sintomas relacionados com a personalidade: Modelos de equações estruturais específicas de género]. Psychological trauma: theory, research, practice and policy, 11(1), 90–98. https://doi.org/10.1037/tra0000403

Herpertz, S. C., Nagy, K., Ueltzhöffer, K., Schmitt, R., Mancke, F., Schmahl, C., & Bertsch, K. (2017). Brain Mechanisms Underlying Reactive Aggression in Borderline Personality Disorder-Sex Matters [Mecanismos Cerebral Subjacentes à Agressão Reativa na Personalidade Borderline - Questões de Transtorno Sexual]. Biological psychiatry, 82(4), 257–266. https://doi.org/10.1016/j.biopsych.2017.02.1175

Holthausen, B. S., & Habel, U. (2018). Sex Differences in Personality Disorders [Diferenças sexuais em Distúrbios de Personalidade]. Current psychiatry reports, 20(12), 107. https://doi.org/10.1007/s11920-018-0975-y

Kaess, M., Whittle, S., Simmons, J. G., Jovev, M., Allen, N. B., & Chanen, A. M. (2017). The Interaction of Childhood Maltreatment, Sex, and Borderline Personality Features in the Prediction of the Cortisol Awakening Response in Adolescents [A interacção de maus-tratos infantis, sexo e características de personalidade borderline na previsão da resposta do despertar do Cortisol nos Adolescentes]. Psychopathology, 50(3), 188–194. https://doi.org/10.1159/000456549

Kaplan, B., Gulec, M. Y., Gica, S., & Gulec, H. (2020). The association between neurocognitive functioning and clinical features of borderline personality disorder [A associação entre o funcionamento neurocognitivo e as características clínicas do distúrbio de personalidade borderline]. Brazilian Journal of Psychiatry, 42(5), 503-509. Epub April 17, 2020. https://dx.doi.org/10.1590/1516-4446-2019-0752

Khoury, J. E., Pechtel, P., Andersen, C. M., Teicher, M. H., & Lyons-Ruth, K. (2019). Relations among maternal withdrawal in infancy, borderline features, suicidality/self-injury, and adult hippocampal volume: A 30-year longitudinal study [Relações entre a abstinência materna na infância, características borderline, suicídio/auto-agressão, e volume hipocampal adulto: Um estudo longitudinal de 30 anos]. Behavioural brain research, 374, 112139. https://doi.org/10.1016/j.bbr.2019.112139

Lu, W. H., Wang, P. W., Ko, C. H., Hsiao, R. C., Liu, T. L., & Yen, C. F. (2018). Differences in mental health among young adults with borderline personality symptoms of various severities [Diferenças na saúde mental entre adultos jovens com sintomas de personalidade borderline com vários graus de severidade]. Journal of the Formosan Medical Association = Taiwan yi zhi, 117(4), 332–338. https://doi.org/10.1016/j.jfma.2017.04.020

Mancke, F., Herpertz, S. C., Hirjak, D., Knies, R., & Bertsch, K. (2018). Amygdala structure and aggressiveness in borderline personality disorder [Estrutura da Amygdala e agressividade no transtorno de personalidade borderline]. European archives of psychiatry and clinical neuroscience, 268(4), 417–427. https://doi.org/10.1007/s00406-016-0747-9

Nascimento, R. B., Cerqueira, G. L., & Araujo Filho, E. S. (2021). Características e alterações neuropsicológicas no Transtorno de Personalidade Borderline: uma revisão da literatura. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação, 7(4), 322–347. https://doi.org/10.51891/rease.v7i4.968

Navarro-Gómez, S., Frías, Á., & Palma, C. (2017). Romantic Relationships of People with Borderline Personality: A Narrative Review [Relacionamentos Românticos de Pessoas com Personalidade Borderline: Uma Revisão Narrativa]. Psychopathology, 50(3), 175–187. https://doi.org/10.1159/000474950

Sher, L., Rutter, S. B., New, A. S., Siever, L. J., & Hazlett, E. A. (2019). Gender differences and similarities in aggression, suicidal behaviour, and psychiatric comorbidity in borderline personality disorder [Diferenças e semelhanças de género em agressão, comportamento suicida e comorbidade psiquiátrica em transtorno de personalidade borderline]. Acta psychiatrica Scandinavica, 139(2), 145–153. https://doi.org/10.1111/acps.12981

Souza, M. T., Silva, M. D., & Carvalho, R. (2010). Revisão integrativa: o que é e como fazer [Integrative review: what it is and how to do it]. Einstein (São Paulo), 8(1), 102-106. https://doi.org/10.1590/s1679-45082010rw1134

Steele, K. R., Townsend, M. L., & Grenyer, B. (2019). Parenting and personality disorder: An overview and meta-synthesis of systematic reviews [Paternidade e transtorno de personalidade: Uma visão geral e meta-síntese de revisões sistemáticas]. PloS one, 14(10), e0223038. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0223038

Thomas, N., Gurvich, C., Hudaib, A. R., Gavrilidis, E., & Kulkarni, J. (2019). Systematic review and meta-analysis of basal cortisol levels in Borderline Personality Disorder compared to non-psychiatric controls [Revisão sistemática e meta-análise dos níveis de cortisol basal na Perturbação da Personalidade Borderline em comparação com os controles não psiquiátricos]. Psychoneuroendocrinology, 102, 149-153. https://doi.org/10.1016/j.psyneuen.2018.12.009

Van den Brink, C., Harte, J. M., & Denzel, A. D. (2018). Men and women with borderline personality disorder resident in Dutch special psychiatric units in prisons: A descriptive and comparative study [Homens e mulheres com transtorno de personalidade borderline residentes em unidades psiquiátricas especiais nas prisões holandesas: Um estudo descritivo e comparative]. Criminal behaviour and mental health: CBMH, 28(4), 324–334. https://doi.org/10.1002/cbm.2084

Winsper, C., Marwaha, S., Lereya, S. T., Thompson, A., Eyden, J., & Singh, S. P. (2016). A systematic review of the neurobiological underpinnings of borderline personality disorder (BPD) in childhood and adolescence [Uma revisão sistemática dos fundamentos neurobiológicos da transtorno de personalidade borderline (BPD) na infância e adolescência]. Reviews in the neurosciences, 27(8), 827–847. https://doi.org/10.1515/revneuro-2016-0026

Yalch, M. M., & Levendosky, A. A. (2019). Influence of betrayal trauma on borderline personality disorder traits [Influência do trauma de traição nos traços de personalidade borderline]. Journal of trauma & dissociation: the official journal of the International Society for the Study of Dissociation (ISSD), 20(4), 392–401. https://doi.org/10.1080/15299732.2019.1572042

Zhang, M., Liu, N., & Chen, H. (2020). Oxytocin receptor gene, childhood maltreatment and borderline personality disorder features among male inmates in China [O gene receptor da oxitocina, maus-tratos infantis e distúrbios de personalidade borderline entre os reclusos masculinos na China]. BMC Psychiatry, 20, 332. https://doi.org/10.1186/s12888-020-02710-0

Downloads

Publicado

2021-09-03

Como Citar

Nascimento, R. B., Cerqueira, G. de L., Araujo Filho, E. S. de, & Carneiro, D. G. (2021). Transtorno de personalidade borderline em homens: uma revisão integrativa. Revista Psicologia, Diversidade E Saúde, 10(3), 541–558. https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v10i3.3806

Edição

Seção

Revisões

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)