Satisfação e qualidade de vida em psicoterapia: um estudo piloto em clínica-escola

Autores

  • Tatiane Dias Bacelar Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais
  • João Guilherme Figueredo-Campos Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais
  • Frederik Curcio Lopes Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais
  • Jonas Jardim de Paula Departamento de Psicologia, Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais Laboratório de Neurociências, Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v9i3.3217

Palavras-chave:

Psicoterapia. Clínica-escola. Satisfação com a vida. Qualidade de vida.

Resumo

INTRODUÇÃO: As clínicas-escola são preconizadas pelos cursos de psicologia como um campo para a vivência e atuação prática dos acadêmicos. Diante da importância das psicoterapias como um meio de promoção qualidade de vida e satisfação com a vida, este estudo buscou verificar a influência da psicoterapia nestes construtos, realizados por acadêmicos do 10º período de psicologia, em uma clínica-escola. MÉTODO: As pessoas previstas para o atendimento de psicoterapia individual, em suas diferentes abordagens, foram avaliadas em dois tempos, ao início de um semestre letivo e ao final. Foram utilizados a WHOQOL-Bref e a Escala de Satisfação com a Vida como instrumentos de mensuração. RESULTADOS: Participaram das duas avaliações 11 pessoas (60% mulheres, Média= 41 anos). Foi realizado o teste t pareado para comparar as médias nas duas avaliações, sendo notado um aumento significativo na satisfação com a vida e nos domínios físico e psicológico, da qualidade de vida, os domínios social e ambiental mostraram uma tendência ao aumento, ainda que não significativo estatisticamente. DISCUSSÃO: A predominância de mulheres no estudo vai ao encontro do número total de pacientes atendidos pela clínica. O aumento significativo destes construtos a partir de intervenções psicológicas, corroboram com estudos de intervenção da mesma natureza. Estudos complementares acerca da influência da psicoterapia na qualidade de vida e satisfação com a vida, no contexto de clínicas-escola, podem apoiar a realização de novas investigações científicas neste contexto, algo desafiador diante das demandas inerentes ao serviço.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-11-26

Como Citar

Bacelar, T. D., Figueredo-Campos, J. G., Lopes, F. C., & de Paula, J. J. (2020). Satisfação e qualidade de vida em psicoterapia: um estudo piloto em clínica-escola. Revista Psicologia, Diversidade E Saúde, 9(3), 327–338. https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v9i3.3217

Edição

Seção

Artigos Originais