Questões de gênero associadas ao medo de dirigir

William Macedo Fiuza, Rossane Frizzo de Godoy

Resumo


INTRODUÇÃO: O medo de dirigir é uma condição emocional que provoca significativo nível de sofrimento e limitação de possibilidades, estimando-se que ocorra predominantemente em mulheres. OBJETIVO: Discutir questões de gênero associadas ao medo de dirigir em mulheres. MÉTODO: Revisão narrativa da literatura, buscando-se integrar aspectos trazidos em publicações referentes a medo de dirigir e questões de gênero. Buscou-se como fontes livros, artigos e dissertações publicados entre 2010 e 2020, excluindo-se estudos que não correspondiam a questão norteadora de pesquisa ou que não fossem disponibilizados na íntegra. As bases de dados utilizadas foram: PsycINFO, Biblioteca Virtual em Saúde em Psicologia, portal de periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, biblioteca pessoal dos pesquisadores e Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações. RESULTADOS: Entre os aspectos apontados na literatura que parecem contribuir para que o medo de dirigir seja mais comum e intenso em mulheres estão: papéis de gênero construídos socialmente, associação cultural de que o trânsito é um espaço masculino, percepção das mulheres de que seu desempenho como motorista está sendo constantemente avaliado, falta de estímulo por parte da família, ausência de um modelo de motorista feminino. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Questões culturais e sociais parecem estar associadas à manutenção do medo de dirigir em mulheres. Recomenda-se novos estudos com a temática para que se possa analisar diferentes percepções e vivências no trânsito relacionadas às questões de gênero.


Palavras-chave


Medo de dirigir. Medo de dirigir em mulheres. Gênero.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v10i1.3151

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 William Macedo Fiuza, Rossane Frizzo de Godoy

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta revista foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados: 

                              

 

Revista Psicologia, Diversidade e Saúde | ISSN: 2317-3394

Site atualizado em 13/12/2018

Licença Creative Commons