Homofobia no futebol masculino: revisão narrativa de literatura

Daniel Cerdeira De Souza

Resumo


INTRODUÇÃO: O Brasil é conhecido como o país do futebol, que é um campo de encontro de masculinidades regidas pela norma heterossexual, onde dissidentes desse aspecto podem ser marginalizados nesse espaço. OBJETIVO: Dessa forma, este estudo objetivou discutir a homofobia no contexto do futebol. MÉTODOS: Metodologicamente, esta é uma revisão narrativa da literatura, onde foram analisados 6 artigos, 5 em português e 1 em inglês, publicados entre 2012-2018 indexados nas bases de dados Scielo, PEPSIC, BVS e Capes. Os dados coletados foram analisados a partir da elaboração de um protocolo de revisão e posteriormente a partir da técnica Análise de Conteúdo. RESULTADOS: Os resultados foram compilados em cinco categorias:  1) Futebol como contexto de performatividade de masculinidade; 2) Homossexuais no futebol; 3) A homossociabilidade no futebol; 4) Os estádios, a torcida, a linguagem e a mídia; 5) Torcidas queers e inclusão, que discutiram que o futebol é um contexto de performatividade da masculinidade hegemônica do projeto heterossexual, onde homossexuais tem sua participação limitada e/ou banida. CONSIDERAÇÕES FINAIS: Caso desejem participar do esporte, homossexuais precisam se adequar a norma heterossexual, geralmente permanecendo no armário. É permitida a homossociabilidade no futebol como forma de amor ao time e a linguagem é usada como meio onde a violência homofóbica é expressada, mas admite-se que mudanças nesse cenário estão ocorrendo, ainda que a passos lentos, possibilitando a proposta de masculinidades inclusivas. Conclui-se que o futebol representa bem mais do que um esporte, mas um jogo político e um dispositivo da sexualidade, que regula as relações de gênero entre homens.

Palavras-chave


Homofobia. Masculinidades. Futebol. Esporte.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v9i2.2817

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Daniel Cerdeira De Souza

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta revista foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados: 

                              

 

Revista Psicologia, Diversidade e Saúde | ISSN: 2317-3394

Site atualizado em 13/12/2018

Licença Creative Commons