Representações da mídia acerca da violência por arma branca e de fogo

Sílvia Furtado de Oliveira, André Vinícius Batista de Assis, Ardigò Martino, Letícia Antônio Costa, Rodrigo Guimarães dos Santos Almeida, Ana Paula de Assis Sales

Resumo


O objetivo do estudo foi identificar o discurso de um veículo de comunicação sobre a violência entre homens por arma branca e de fogo em uma capital da região Cento Oeste. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de caráter documental, a qual foi realizada mediante as notícias sobre violência entre homens por arma branca e de fogo veiculadas por um jornal com acesso online. Os dados coletados resultaram em 5 categorias temáticas: Dramatização das notícias; policiais, civis e transgressão; estado paralelo; álcool como potencializador; e vingança e rixa como motivação. Esta pesquisa contribui no sentido de provocar discussões que tangenciam os temas mídia, determinantes sociais e violência, de forma a instigar reflexão e debate sobre a percepção da mídia no âmbito da violência entre homens.


Palavras-chave


Violência. Armas. Meios de comunicação. Desigualdades em Saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v8i2.2393

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Sílvia Furtado de Oliveira, André Vinícius Batista de Assis, Ardigò Martino, Letícia Antônio Costa, Rodrigo Guimarães dos Santos Almeida, Ana Paula de Assis Sales

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Esta revista foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados: 

                              

 

Revista Psicologia, Diversidade e Saúde | ISSN: 2317-3394

Site atualizado em 13/12/2018

Licença Creative Commons