Relação entre os pensamentos ruminativos e índices de ansiedade e depressão em estudantes de psicologia

Autores

  • Marilia Lopes Oliveira Bezerra Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública http://orcid.org/0000-0003-3155-8990
  • Gustavo Marcelino Siquara Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • José Neander Silva Abreu Atua no Ensino de Graduação e Pós-Graduação em Psicologia - UFBA

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v7i2.1906

Palavras-chave:

depressão, ansiedade, pensamentos ruminativos, estudantes universitários, Psicologia

Resumo

O período universitário é marcado por descobertas e desafios que podem servir como gatilho para o desenvolvimento de transtornos de humor e ansiedade. A sucessão de fatores estressores é observada em estudantes de diversas nacionalidades e culturas, destacando-se o papel dos pensamentos ruminativos e sua prevalência em indivíduos propensos a estados de humor deprimido. O presente estudo realiza uma análise transversal em 166 estudantes de psicologia de 03 instituições de ensino superior da Cidade de Salvador, na Bahia, através da aplicação de escalas psicométricas sendo elas: Questionário de Ruminação e Reflexão (QRR), Inventário de Ansiedade Traço-Estado (IDATE) e Inventário Beck de Depressão (BDI). Os dados obtidos foram analisados através do programa estatístico SPSS 20.0. Para as análises foram utilizadas ferramentas de estatísticas descritiva e inferencial como a correlação de Sperman e teste t de student. A ansiedade e depressão apresentam forte correlação, com a escala de pensamentos ruminativos. Os níveis clínicos de ansiedade e depressão estiveram acima do que a literatura aponta ao comparar com a população geral. O acometimento dos estudantes universitários por ansiedade e depressão gera grande impacto na produtividade e inserção profissional, e os prejuízos relacionados a estes transtornos extrapolam para o meio social onde os mesmos estão inseridos. Por isso, torna-se necessária a adoção de medidas preventivas, que permitam um maior equilíbrio emocional e psíquico desses indivíduos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-07-30

Como Citar

Bezerra, M. L. O., Siquara, G. M., & Abreu, J. N. S. (2018). Relação entre os pensamentos ruminativos e índices de ansiedade e depressão em estudantes de psicologia. Revista Psicologia, Diversidade E Saúde, 7(2), 235–244. https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v7i2.1906

Edição

Seção

Artigos Originais