Síndrome de Burnout em estudantes de medicina de universidade da Bahia

Autores

  • Ramon Lucas Bomfim de Aguiar Universidade do estado da Bahia
  • Márcia Cristina Maciel de Aguiar Universidade do Estado da Bahia
  • Magno Conceição das Mercês Universidade do estado da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v7i2.1893

Palavras-chave:

Burnout, Universitários, Estresse, Saúde mental

Resumo

Burnout é definido como aquilo que deixou de funcionar por absoluta falta de energia. A Síndrome de Burnout é caracterizada pela exaustão emocional, despersonalização e baixa realização profissional. Os estudantes de medicina são um grupo de risco para o desenvolvimento desta síndrome pela pressão exercida por seu círculo social e familiar, desde a decisão de prestar vestibular para medicina até a conclusão do curso. Objetivo: Descrever a prevalência da Síndrome de Burnout em estudantes de medicina da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e identificar se há variáveis sociodemográficas, acadêmicas e psicossociais a ela associadas. Método: descritivo transversal, realizado com estudantes de medicina da UNEB do 1° ao 8° semestres aplicando-se um questionário para levantamento das variáveis sociodemográficas, acadêmicas e psicossociais e o MBI-SS (Maslach Burnout Inventory/ Student Survey). Utilizou-se para a análise dos dados o programa SPSS – versão 22.0,  OpenEpi e Microsoft Excel 2010. Resultados: A Síndrome teve prevalência de 19,6% na amostra, 35,4% apresentavam risco elevado de desenvolver a síndrome e 26,6% baixo risco. Entre as variáveis estudadas “possuir filhos”, “possuir ocupação atual”, e “pensar em desistir do curso” tiveram associação positiva com significância estatística (p<0,05) com o desenvolvimento da Síndrome de Burnout. Conclusão: há necessidade de implantação de medidas preventivas e curativas no que diz respeito ao alto índice de exaustão emocional, e aos índices médios de descrença, o que poderá levar à diminuição do risco de desenvolvimento da Síndrome de Burnout nestes estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ramon Lucas Bomfim de Aguiar, Universidade do estado da Bahia

Graduando em medicina, ex-ligante da Liga Acadêmica de Fisiopatologia da UNEB atual Liga Acadêmica de Clínica Médica, e ex-monitor da disciplina Procedimentos cirúrgicos.

Márcia Cristina Maciel de Aguiar, Universidade do Estado da Bahia

Psiquiatra. Mestre em Ciências Sociais, Universidade federal da Bahia (UFBA). Doutoranda de Medicina e Saúde Humana, Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Professora Auxiliar da Universidade do Estado da Bahia e Professora da Faculdade de Tecnologia e Ciências

Magno Conceição das Mercês, Universidade do estado da Bahia

Enfermeiro. Doutorando em Ciências da Saúde pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Mestrado Acadêmico em Saúde Coletiva pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Professor Auxiliar e coordenador da Área de Conhecimento em Saúde Coletiva do Departamento de Ciências da Vida da Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

Downloads

Publicado

2018-07-30

Como Citar

Aguiar, R. L. B. de, de Aguiar, M. C. M., & Mercês, M. C. das. (2018). Síndrome de Burnout em estudantes de medicina de universidade da Bahia. Revista Psicologia, Diversidade E Saúde, 7(2), 267–276. https://doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v7i2.1893

Edição

Seção

Artigos Originais