Cirurgia Ortognática em paciente portador de Fissura Labiopalatina

Autores

  • Bruna Pedral Sampaio de Souza Dantas Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial UFBA/OSID
  • Marcelo Oldack Silva dos Santos Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial UFBA/OSID
  • Paula Rizério D'Andrea Espinheira Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial UFBA/OSID
  • Lucas da Silva Barreto Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial UFBA/OSID
  • Carlos Vinícius Ayres Moreira Residente em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial UFBA/OSID
  • Roberto Almeida de Azevedo Coordenador do Serviço de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial UFBA/OSID

DOI:

https://doi.org/10.17267/2596-3368dentistry.v10i1.2161

Palavras-chave:

Fissura palatina. Fissura labial. Cirurgia ortognática.

Resumo

INTRODUÇÃO: As fissuras labiais e/ou palatinas (FL±P) são malformações congênitas comuns da face , ocorrem entre a quarta e nona semana do período embrionário. A etiologia ainda incerta aponta para fatores genéticos, ambientais ou mistos, ocorrendo devido à má junção dos processos maxilares e frontonasal. Classificam-se de acordo com o forame incisivo em fissura pré-forame incisivo, fissura pós-forame incisivo, fissura transforame incisivo e fissuras raras da face. Entretanto cirurgias em idade precoce do lábio e palato inibem o crescimento facial, posteriormente a realização de cirurgia ortognática para correção é necessária. OBJETIVO: O presente trabalho teve como objetivo, portanto, apresentar um relato de caso sobre cirurgia ortognática em um paciente fissurado, mostrando a importância do tratamento para a reabilitação do portador. RELATO DE CASO: O estudo se trata de um paciente leucoderma, sexo masculino, 21 anos, portador de fissura transforame unilateral lado esquerdo que procurou o Hospital Santo Antônio das Obras Sociais Irmã Dulce para reabilitação, ao qual o paciente foi submetido a tratamento cirúrgico de avanço de maxila e mentoplastia. CONSIDERAÇÕES FINAIS: É imperativa a necessidade que os pacientes portadores de fissura labiopalatina têm de serem avaliados e acompanhados em centros de referência por uma equipe multidisciplinar, composta principalmente por cirurgiões, ortodontistas e fonoaudiólogos. Neste presente caso paciente encontra-se em acompanhamento pós operatório e satisfeito com tratamento que lhe foi proposto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-06-28

Como Citar

Pedral Sampaio de Souza Dantas, B., Oldack Silva dos Santos, M., Rizério D’Andrea Espinheira, P., da Silva Barreto, L., Ayres Moreira, C. V., & Almeida de Azevedo, R. (2019). Cirurgia Ortognática em paciente portador de Fissura Labiopalatina. Journal of Dentistry & Public Health (inactive / Archive Only), 10(1), 75–81. https://doi.org/10.17267/2596-3368dentistry.v10i1.2161

Edição

Seção

Casos Clínicos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)