PRÓTESE SOBRE IMPLANTE CIMENTADA OU PARAFUSADA: APLICABILIDADE CLÍNICA

Autores

  • Daniel Batista Caires Ramos
  • Diego Maia Barbosa ESCOLA BAHIANA DE MEDICINA E SAÚDE PÚBLICA
  • Gabriel Santana dos Santos
  • Viviane Maia Barreto de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.17267/2596-3368dentistry.v8i4.1357

Palavras-chave:

Reabilitação bucal, Implantação dentária, Cimentação.

Resumo

A evolução da implantodontia se relaciona com o constante avanço das reabilitações. A seleção correta dos componentes protéticos é de fundamental importância para o sucesso e longevidade do tratamento. O tipo de retenção da prótese sobre implante pode ser dividida em cimentada ou parafusada, sendo que a sua escolha depende, principalmente, das situações clínicas apresentadas. Nos dois tipos de retenção é possível observar que existem vantagens e desvantagens no seu uso, entretanto, é preciso ter conhecimento científico acerca das suas características, no intuito de selecionar o sistema de retenção adequado. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi revisar a literatura que aborda as próteses cimentadas e parafusadas, facilitando sua indicação clínica. Diante da revisão da literatura, foi possível concluir que o sucesso do tratamento com próteses implantossuportadas não depende do tipo de prótese escolhida, mas tem relação com o planejamento e conhecimento do profissional, que deve saber a dinâmica do funcionamento dos sistemas existentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-18

Como Citar

Caires Ramos, D. B., Barbosa, D. M., dos Santos, G. S., & Barreto de Oliveira, V. M. (2017). PRÓTESE SOBRE IMPLANTE CIMENTADA OU PARAFUSADA: APLICABILIDADE CLÍNICA. Journal of Dentistry &Amp; Public Health, 8(4), 141–144. https://doi.org/10.17267/2596-3368dentistry.v8i4.1357

Edição

Seção

Revisões de Literatura