[1]
L. S. Gonçalves de Freitas, “Alterações posturais e nível de dor em mães com bebês de colo: um estudo transversal”, Rev Pesq Fisio, vol. 11, nº 3, p. 501–509, ago. 2021.