Riscos biomecânicos e ocupacionais em uma central de materiais e esterilização

Jihad Ali Ibrahim Iskandar, Ana Luiza Pedrini Muzeka, Cecília Motter Haus, Felipe Afonso Ramos Pereira de Melo, Arlete Ana Motter

Resumo


INTRODUÇÃO: Os profissionais que atuam na central de material e esterilização (CME) possuem a função de recepcionar, limpar, esterilizar, embalar e armazenar utensílios utilizados em cirurgias no hospital. Trata-se assim, de uma profissão de grande exigência física e mental, com alta carga de trabalho e estresse. OBJETIVO: analisar os riscos biomecânicos e os sintomas osteomioarticulares de servidores da CME de um complexo hospitalar público. Materiais e MÉTODOS:   um estudo observacional, prospectivo que foi desenvolvido em um hospital público do sul do país. Participaram 20 profissionais, tais como auxiliares, técnicos e enfermeiros.  Os critérios de inclusão foram que o indivíduo atuasse na CME, ser auxiliar, técnico ou enfermeiro da CME ao menos a 6 meses, idade igual ou maior que 18 anos, de ambos os sexos e exercer qualquer função. Os critérios de exclusão, foram estar em período de férias ou licença saúde/capacitação no período de coleta de dados, trabalhar no setor a menos de 6 meses. Instrumentos de coleta: questionário sociodemográfico, internacional de atividade física (IPAQ) - versão curta e o Nórdico de Sintomas Osteomusculares. Resultados: Verificou-se que 85% dos profissionais são do sexo feminino; a idade média foi de 47 anos; 70% são auxiliares de enfermagem; 85% dos profissionais possuem filhos; 35% apresentaram dores em pescoço, punhos/mãos e quadril/coxas; 85% sentem dores de cabeça recorrentes; 50% já sofreram algum acidente de trabalho, sendo 80% com perfurocortantes. CONCLUSÃO: conclui-se que os servidores de CME tem riscos biomecânicos e ocupacionais, medidas preventivas devem ser adotadas para minimizar riscos à saúde física e mental dos mesmos.

Palavras-chave


Distúrbio osteomuscular relacionado ao trabalho. Saúde do trabalhador. Enfermagem.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v11i2.3503

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Jihad Ali Ibrahim Iskandar, Ana Luiza Pedrini Muzeka, Cecília Motter Haus, Felipe Afonso Ramos Pereira de Melo, Arlete Ana Motter

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons