Papel do exercício combinado sobre a dor de dismenorréia primária em mulheres jovens: uma quase-experiência

Manpreet Kaur, Balwant Singh Bains, Bavaani Ramachandran, Bhamini K. Rao

Resumo


INTRODUÇÃO: Dismenorréia primária é uma dor que atinge o abdômen inferior antes e durante a menstruação. A dismenorréia primária é dor que mais afeta mulheres durante a adolescência. Felizmente, para muitas, o problema alivia à medida que amadurecem, particularmente após uma gravidez. Embora possa ser doloroso e por vezes debilitante por breves períodos de tempo, não é prejudicial. OBJETIVO: Investigar os efeitos de exercícios selecionados sobre a dor de dismenorréia primária em mulheres jovens. MÉTODOS: Mulheres jovens com idade de 21,1 ± 2,0 anos foram incluídas neste estudo. A intervenção com exercícios incluiu fortalecimento do grupo muscular central (Core), flexibilidade, exercícios do barril e de resistência. A duração da intervenção foi de nove semanas com frequência de duas sessões por semana e duração de 30 minutos. O projeto foi aprovado pelo comitê de ética no hospital de Kasturba Universidade de Manipal, Índia (número de registro: IEC315 / 2015) RESULTADOS: Os exercícios reduzem a intensidade da dor entre mulheres jovens com dismenorréia. A escala analógica visual (VAS) foi utilizada para medir a intensidade da dor. Houve uma diferença significativa na pontuação para as condições pré-teste (6.94 ± 1.33) e pós-teste (5.02 ± 1.15), p < 0,001. CONCLUSÃO: Este estudo mostra que o exercício misto de flexibilidade, estabilidade do centro de força e exercício do barril pode reduzir a dor primária da dismenorréia entre as meninas.

Palavras-chave


Dismenorréia. Exercício. Dor Pélvica. Mulheres.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i1.1783

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Manpreet Kaur, Balwant Singh Bains, Bavaani Ramachandran, Bhamini K. Rao, Shubha R Nayak

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons