Capacidade funcional de membros superiores em pacientes com câncer de mama

Lorena Alves Jesus, Ivana Spinola Cedraz, Alena Peixoto Medrado

Resumo


INTRODUÇÃO: O câncer de mama é o tipo de câncer que mais acomete as mulheres em todo o mundo. Complicações decorrentes do tratamento oncológico para esta neoplasia, a exemplo da redução da amplitude de movimento dos membros envolvidos, devem ser consideradas como relevantes, pois podem prejudicar o retorno às atividades rotineiras, e comprometer a qualidade de vida das pacientes. OBJETIVO: Realizar uma análise funcional de membros superiores de pacientes submetidas ao tratamento cirúrgico do câncer de mama, além descrever as características socioeconômicas e clínica dessa população. MÉTODOS: Tratou-se de um estudo analítico observacional transversal que utilizou uma amostra por conveniência de trinta e uma pacientes submetidas ao tratamento cirúrgico do câncer de mama em tratamento fisioterapêutico no âmbito ambulatorial. Como instrumento para a coleta de dados das pacientes, foi aplicado o questionário Disability Arm Shoulder and Hand (DASH) e realizada uma análise descritiva das variáveis do estudo por meio de medidas de tendência central e de dispersão para as variáveis contínuas e frequências relativa e absoluta para as variáveis categóricas. RESULTADOS: As pacientes entrevistadas apresentaram média de idade de 51± 7anos. O tratamento fisioterapêutico ambulatorial ocorreu em um período menor ou igual a sete meses após a cirurgia (51,6%). A média total do escore final do DASH foi 45±17. CONCLUSÃO: A Fisioterapia a nível ambulatorial, mesmo iniciada de forma tardia, interferiu positivamente na capacidade funcional dos membros superiores após a cirurgia do câncer de mama.


Palavras-chave


Câncer. Fisioterapia. Neoplasias. Oncologia. Câncer de mama.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v8i1.1616

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Lorena Alves Jesus, Ivana Cedraz, Alena Peixoto Medrado

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A RPF foi indexada e/ou catalogada nas seguintes bases de dados:

                                                  

 

Revista Pesquisa em Fisioterapia | ISSN: 2238-2704

Site atualizado em 28/02/2018

Licença Creative Commons